A mídia da cidadania
Vitória da Conquista | 23 de Maio de 2017
Por Diário Conquistense | 22/05/2017 - 15h49

Na tarde do último sábado, 20, a Prefeitura realizou o trabalho de cascalhamento e patrolamento no distrito de Veredinha.

Segundo o secretário de Agricultura, Arlindo Rebouças, que acompanhou o trabalho, este é o propósito do Governo Mais Perto de Você: levar melhorias para a comunidade rural. “Este serviço é para o benefício da comunidade. É a vontade do prefeito dar melhor condição ao homem do campo, que já sofre tanto”, assegurou.

Além das ruas da sede, a Secretaria de Agricultura vai recuperar, neste fim de semana, a estrada que liga o distrito à Inhobim/Matinha. “A estrada é fundamental para a zona rural porque sem ela, não tem saúde, não tem educação, não tem nada. Até o momento, já recuperamos em torno de 300 km de estradas na zona rural da nossa cidade”, comentou o secretário.

Além de Veredinha, a Secretaria de Agricultura, esta semana, realizou melhorias no distrito de Inhobim e segue, na próxima, para a região da Limeira.

Por Diário Conquistense | 22/05/2017 - 11h33

A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista esclarece que vem conduzindo a negociação salarial do funcionalismo com transparência e diálogo, demonstrando que, em respeito ao limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, somos obrigados a implementar medidas de contenção de despesas de pessoal, incluindo a não concessão de aumentos. Essa é a realidade enfrentada pela maioria dos estados e municípios do Brasil. A lei veda reajustes salariais que ultrapassarem o percentual de 51,3% de gastos da receita com salários por períodos consecutivos. Recebemos da administração anterior um quadrimestre acima desse limite. “A atual gestão está empenhada em reduzir gastos, aumentar receitas e criar condições para valorizar os seus servidores. Temos certeza da colaboração do funcionalismo, convocando-o a permanecer em atividade, evitando prejuízos à população e confiando no trabalho que estamos apenas começando, juntos”.

Por Fabio Sena | 22/05/2017 - 09h57

Entoando marchinhas carnavalescas como a famosa “Me dá um dinheiro aí”, o sindicato dos servidores públicos municipais reuniu na porta da Prefeitura dezenas de funcionários públicos em protesto contra a proposta do governo municipal, que ofereceu reajuste-zero para a categoria alegando comprometimento da folha e limitações previstas na Lei de Responsabilidade Fiscal. Com palavras de ordem como “servidor na rua, prefeito a culpa é sua” e músicas a exemplo de “como será o amanhã”, os sindicalistas afirmam que há adesão majoritária dos servidores à greve.

Por Fabio Sena | 22/05/2017 - 08h18
Aécio Neves deixou de ser colunista da Folha

Nos últimos dias, minha vida foi virada pelo avesso. Tornei-me alvo de um turbilhão de acusações, fui afastado do cargo para o qual fui eleito por mais de 7 milhões de mineiros e vi minha irmã ser detida pela polícia sem absolutamente nada que justificasse tamanha arbitrariedade. Tenho sentimentos, sou de carne e osso, e esses acontecimentos -o que é pior, originados de delações de criminosos confessos, a partir de falsos flagrantes meticulosamente forjados- me trouxeram enorme tristeza. Também, por certo, alimentaram decepção naqueles que confiaram em mim ao longo de minha vida pública. É principalmente a estes que ora me dirijo. Tenho me dedicado a tentar construir um país melhor. Neste último ano empenhei-me em ajudar o presidente Michel Temer no árduo trabalho de reerguer o país, o que, avalio, vem sendo bem-sucedido. Há, porém, muitos insatisfeitos e contrariados com as mudanças em marcha.

Por Fabio Sena | 22/05/2017 - 07h57
A mensagem que quero deixar à Nação é: defenderemos o Brasil, tendo como missão a entrega de um novo País às próximas gerações.

por Michel Temer, presidente da República

Foi-me confiada a responsabilidade de governar o País num momento de profunda crise econômica, política e moral. Assumi essa incumbência consciente dos desafios que teria pela frente. Recebi um País arruinado economicamente, com alta taxa de desemprego, inflação descontrolada e empresas estatais saqueadas. Encontrei um País moralmente atingido, clamando por mudanças. Conseguimos grandes vitórias. O PIB volta a crescer, o emprego dá sinais de revitalização, gestões profissionais são introduzidas em empresas estatais, a exemplo da Petrobrás e do BNDES, há forte redução da taxa Selic; liberamos as contas inativas do FGTS, aumentamos o valor do Bolsa Família, relançamos o Minha Casa, Minha Vida, criamos o Cartão Reforma, e assim por diante. Os ganhos sociais e econômicos foram imensos. Saímos da recessão. O Brasil ganhou governo e rumo.

Por Fabio Sena | 21/05/2017 - 21h28


por Luiz Henrique Machado de Paula

Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista promoveu um debate para discutir a implantação de uma Guarda Municipal, pois esta seria uma demanda da população conquistense e estava na base de propostas de todos os candidatos ao cargo de Prefeito Municipal no último pleito eleitoral, ou seja, chegaríamos neste ponto independente de quem quer que fosse o eleito. Pelo caminhar das discussões naquela casa legislativa, percebe-se que seus defensores desejam uma Guarda Municipal para atuar como se fosse uma nova “força policial” em apoio às demais polícias, em especial, à Polícia Militar. Seria uma “agência” municipal contra o crime, mas esquecem que só as infrações penais que atentem contra bens, serviços e instalações municipais, com respaldo na Constituição e na Lei, poderão ser objeto de ação dos Guardas Municipais, nos outros crimes, sua atribuição é a mesma de qualquer cidadão, com poder geral dado pelo art. 301 do Código de Processo Penal.

Por Diário Conquistense | 22/05/2017 - 09h57
Foto: Divulgação Zé Raimundo

Por Ivan Cordeiro

Os deputados petistas Zé Raimundo (estadual) e Waldenor Pereira (federal) acompanhados do coordenador do Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, Elton Becker, participaram no dia 22 de fevereiro de 2016, de uma audiência com o secretário estadual de Cultura, Jorge Portugal, para solicitar a reforma do Teatro do Centro de Cultura de Conquista. Mais de um ano depois tudo continua exatamente igual, ou seja, muita conversa e nenhuma solução.

Na época, os deputados prometeram que além de contribuir com emendas, assumiriam o compromisso de fazer gestões junto ao Ministério da Cultura e instituições financeiras, como Banco do Nordeste, Caixa Econômica e Banco do Brasil, para buscar mais investimentos. Jorge Portugal falou das dificuldades de recursos na sua pasta para atender às principais demandas dos espaços culturais no estado. Todavia, a Concha Acústica do Teatro Castro Alves em Salvador, recebeu recentemente um investimento de R$ 90 milhões do Governo do Estado, que assegurou um amplo processo de revitalização e modernização, possibilitando mais conforto, comodidade e acessibilidade para o público e artistas.

Por Fabio Sena | 21/05/2017 - 01h14


O Conselho Pleno da OAB votou pela abertura de processo de impeachment contra o presidente da República, Michel Temer, por crime de responsabilidade. Os conselheiros acolheram voto proposto por comissão especial que analisou as provas do inquérito. Foram 25 votos a favor e apenas uma divergência e uma ausência. O pedido deve ser protocolado na Câmara dos Deputados nos próximos dias. O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, registrou que este era um momento de tristeza para a OAB. “Estamos a pedir o impeachment de mais um presidente da República, o segundo em uma gestão de 1 ano e 4 meses. Tenho honra e orgulho de estar nessa entidade e ver a OAB cumprindo seu papel, mesmo que com tristeza, porque atuamos em defesa do cidadão, pelo cidadão e em respeito ao cidadão. Esta é a OAB que tem sua história confundida com a democracia brasileira e mais uma vez cumprimos nosso papel”, afirmou.

Por Fabio Sena | 22/05/2017 - 11h25
O padre e o fiel confessor do crime

Constitucionalista reconhecido pelo mundo acadêmico, raposa velha da política partidária num país onde a democracia peleja contra o absolutismo econômico, Michel Temer não carece de qualquer assessor a orientá-lo quanto ao amadorismo infame de fazer do Palácio do Jaburu um confessionário de gangsteres. A cada aparição, tentando defender-se, mais se autoincrimina o padre Temer, que ouve confissões de um mega empresário sobre o deslavado suborno a juízes e a procuradores e, num formidável gesto farisaico, silencia-se.

Bastante improvável que o Padre Temer tenha, de fato, interpretado a confissão de Joesley Batista – maior financiador eleitoral do Brasil – como mera lorota de quem, sob o manto do desespero, arquitetava uma narrativa heroica para valorizar-se “contando vantagem”. Improvável porque o Padre Temer, escolado que é na democracia de mercado brasileira, conhece os porões institucionais e quem os habita. Sabe, por experiência, que um mercador daquela estirpe, encontrando os meios, subornaria até mesmo o presidente da República.

Por Diário Conquistense | 22/05/2017 - 07h59

O presidente Michel Temer afirmou nesta sábado (20), em pronunciamento de 12 minutos e meio no Palácio do Planalto, que ingressará no Supremo Tribunal Federal (STF) com um pedido de suspensão do inquérito aberto com autorização do ministro Edson Fachin para investigá-lo.

Ele também afirmou que não deixará a Presidência da República. “Digo com toda segurança: o Brasil não sairá dos trilhos. Eu continuarei à frente do governo”.

Na noite de 7 de março deste ano, Temer recebeu o empresário Joesley Batista, dono do frigorífico JBS, na residência oficial do Palácio do Jaburu. O empresário registrou a conversa com um gravador escondido e depois apresentou a gravação a investigadores da Operação Lava Jato, da qual se tornou delator. No pedido de abertura de inquérito ao STF, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que a conversa indica “anuência” de Temer ao pagamento de propina mensal, por Joesley, para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso em Curitiba pela Operação Lava Jato.

Por Diário Conquistense | 20/05/2017 - 00h41

Os motoristas e motociclistas que passaram pela Avenida Juracy Magalhães no início da manhã desta sexta-feira, 19, foram surpreendidos por uma ação diferenciada. A Coordenação Municipal de Trânsito, em parceria com alunos do Colégio da Polícia Militar, realizou uma atividade educativa em pontos da via. A iniciativa integra a programação do Maio Amarelo, movimento nacional de conscientização e prevenção a acidentes de trânsito.

Até às 9 horas da manhã, as equipes estiveram no local realizando panfletagem e um rápido bate-papo com os condutores de veículos. A ideia é chamar atenção quanto ao perigo do uso de aparelho celular, que é a principal causa de infrações e de acidentes de trânsito. Além disso, também esteve disponível uma mostra de veículo sinistrado, com duas vítimas fatais, simulando um acidente na via.

Por Fabio Sena | 19/05/2017 - 20h13
Não deveria ser negociada pondo em risco essa grande lavagem de roupa suja da presença capitalista na democracia brasileira

por Domingos Leonelli

A situação do País é muito grave. E as soluções, lamento dizer, são também muito complexas. Defendo as eleições diretas, de preferência gerais, talvez até com possibilidade de candidaturas avulsas, dado o profundo desgaste de nossos partidos. Mas, insisto, o quadro é muitíssimo preocupante. As Diretas Já de 1983/84 deram-se em circunstancias históricas muito diferentes. Estávamos no fim de um regime politico e não no fim de governos (Dilma e Temer). Foi uma campanha longamente gestada e não pretendia derrubar o governo do General João Figueiredo mas, sim, realizar a sua sucessão pela eleição direta. Um processo iniciado no parlamento que depois ganhou os partidos , os governadores de oposição e finalmente, de maneira avassaladora, o povo brasileiro.

Por Fabio Sena | 19/05/2017 - 19h59
Segundo o empresário, em reunião com Mantega, no final de 2010, o petista pediu a ele ‘que abrisse uma nova conta, que se destinaria a Dilma.

Estadão

O termo de colaboração 1 do empresário Joesley Batista, do Grupo JBS, descreve o fluxo de duas ‘contas-correntes’ de propina no exterior, cujos beneficiários seriam os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. O empresário informou à Procuradoria-Geral da República que o saldo das duas contas bateu em US$ 150 milhões em 2014. Ele disse que o ex-ministro Guido Mantega (Fazenda/Governos Lula e Dilma) operava as contas.A reportagem do Estadão confirmou com procuradores próximos ao caso que a conta estava em nome de empresas offshores em banco na Suíça. A utilização de offshores caracteriza, para os investigadores, tentativa de camuflagem dos reais beneficiários da conta. Procurado, o Ministério Público da Suíça se recusou a comentar e afirmou que não daria informações sobre ‘pessoas investigadas ou não’ pela Procuradoria.

Por Fabio Sena | 19/05/2017 - 19h25
Temer é acusado de incentivar o pagamento de R$ 500 mil ao ex-deputado federal Eduardo Cunha

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, autorizou a abertura de inquérito contra o presidente Michel Temer (PMDB) porque entendeu que os crimes supostamente cometidos pelo presidente ocorreram durante o exercício da função. É que o diz a decisão do ministro, divulgada nesta sexta-feira (19/5). O relator da “lava jato” no STF aceitou pedido feito pela Procuradoria-Geral da República. “É de sustento constitucional a hermenêutica segundo a qual eventual investigação do presidente não afronta a Constituição. A imunidade temporária vertida no texto constitucional se alça a obstar investigação do presidente por atos estranhos ao exercício das funções”, diz o ministro.  Sobre o tema, a PGR cita no pedido trecho de obra doutrinária do ministro Gilmar Mendes e reflexão do também ministro Alexandre de Moraes, defendendo que a abertura do inquérito contra o presidente por atos praticados no exercício da função não precisa de autorização da Câmara.

Por Diário Conquistense | 19/05/2017 - 18h17

Em respeito às famílias que possuem parentes sepultados no Cemitério do Kadija, a Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista dá ampla publicidade à divulgação da lista dos primeiros 400 restos mortais a serem exumados e trasladados para o ossário do cemitério público. A portaria 004/2017, que autoriza o início do processo, marcado para o dia 19 de junho, será publicada no Diário Oficial do Município nesta sexta-feira, 19.

Na portaria, a Secretaria de Serviços Públicos esclarece que o Cemitério do Kadija enfrenta um grave problema de superlotação, com apenas 91 covas adultas disponíveis, sendo 54 covas para o sexo masculino e 37 para o sexo feminino. Essas vagas só atendem a necessidade do serviço por um período de, aproximadamente, 60 dias.

O quadro atual é resultado da falta de providências efetivas para gerenciar a ocupação e expansão do espaço do cemitério, inaugurado em 1988, com 21.122 covas distribuídas em 39 quadras. Diante da iminência da falta de vaga para novos sepultamentos, coube à atual gestão iniciar o processo de traslado dos restos mortais para o ossário já construído no Cemitério do Kadija.

Por Diário Conquistense | 19/05/2017 - 18h11

Mudança vai gerar economia de R$ 48 mil por mês aos cofres do município

A partir desta sexta-feira, 19, a Prefeitura de Vitória da Conquista assume a administração direta do Centro de Comércio Popular. A gestão passa a ser feita através da Coordenação de Serviços Básicos, setor vinculado à Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Transportes.

Dessa forma, o espaço fica sob os cuidados de uma equipe formada exclusivamente por servidores públicos municipais. São cinco pessoas responsáveis pela limpeza, um supervisor e oito agentes de segurança patrimonial – estes últimos, divididos em duas equipes que vão se revezar em turnos de doze horas seguidas, mantendo a vigilância 24 horas por dia.

Desde que o Centro de Comércio Popular foi inaugurado, em 2015, o espaço era administrado por uma empresa terceirizada, selecionada via licitação. O contrato inicial de um ano, vencido em maio de 2016, recebeu um aditivo com o mesmo prazo, o que estendeu a gestão da empresa até este mês de maio.

Por Diário Conquistense | 19/05/2017 - 08h41

Representantes de órgãos ligados à segurança pública, membros dos poderes Executivo e Legislativo, além de comunidade em geral participaram de uma audiência pública no auditório da Câmara de Vereadores. A pauta, discutida nessa quinta-feira, 18, foi a criação da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Ação Social e da Guarda Municipal.

Na ocasião, o autor do requerimento para realização da audiência, vereador Rodrigo Moreira, lembrou que esses projetos estão sendo debatidos desde 2009. O parlamentar também informou que reuniões com diferentes órgãos para discutir o combate ao crime e a prevenção da violência já estavam sendo promovidas.

Em sua fala aos presentes, o prefeito Herzem Gusmão informou que antecipou o debate sobre os temas. “Eu esperava iniciar o debate no segundo semestre deste ano, mas decidimos que Vitória da Conquista precisava de iniciativas imediatas nesse sentido”.

Por Fabio Sena | 18/05/2017 - 20h04
Os aqrquivos de áudio foram enviados ao presidente Michel Temer e depois divulgados para a imprensa.

O Supremo Tribunal Federal (STF) divulgou nesta quinta-feira as gravações feitas pelo empresário Joesley Batistas, um dos donos da JBS, e apresentadas como parte da sua delação premiada. Os aqrquivos de áudio foram enviados ao presidente Michel Temer e depois divulgados para a imprensa. Em uma das gravações, o presidente aparece dando aval para o pagamento de propina ao deputado cassado Eduardo Cunha em troca do silêncio dele. Diante de Joesley, Temer indicou o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para resolver um assunto da J&F (holding que controla a JBS). Posteriormente, Rocha Loures foi filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil enviados por Joesley. Temer também ouviu do empresário que estava dando a Eduardo Cunha e ao operador Lúcio Funaro uma mesada na prisão para ficarem calados. Diante da informação, Temer incentivou: “Tem que manter isso, viu?”.

Por Diário Conquistense | 19/05/2017 - 08h31

A Secretaria Municipal de Serviços Públicos, Trânsito e Transportes informa que, a partir da próxima semana, o trânsito da Avenida Siqueira Campos sofrerá modificação, ficando proibida a conversão à esquerda, descendo a Otávio Santos, sentido Avenida Vivaldo Mendes. Portanto, os veículos que transitam pela Siqueira Campos e desejam ter acesso à Avenida Vivaldo Mendes devem fazer a conversão à esquerda no próximo cruzamento, descendo a rua Lions Club, onde há sinalização por semáforo.

A sinalização vertical, indicando o novo procedimento, já está sendo providenciada e em breve estará nos cruzamentos. Além disso, agentes da Coordenação Municipal de Trânsito atuarão no local nos próximos 15 dias, orientando os motoristas.

Por Diário Conquistense | 18/05/2017 - 17h53
Aécio Neves: "decidi licenciar-me hoje da Presidência do PSDB que ocupo há mais quatro anos com extrema honra e dedicação".

COMUNICADO DO SENADOR AÉCIO NEVES, PRESIDENTE NACIONAL DO PSDB

Em razão das ações promovidas no dia de hoje contra mim e minha família, quero afirmar que, a partir de agora, minha única prioridade será preparar minha defesa e provar o absurdo dessas acusações e o equívoco dessas medidas.

Me dedicarei diuturnamente a provar a minha inocência e de meus familiares para resgatar a honra e a dignidade que construí ao longo de meus mais de trinta anos de vida dedicada à política e aos mineiros em especial.

O tempo permitirá aos brasileiros conhecer a verdade dos fatos e fazer ao final um julgamento justo.

Para isso, decidi licenciar-me hoje da Presidência do PSDB que ocupo há mais quatro anos com extrema honra e dedicação. O Brasil precisa que o PSDB continue a ser o fiador das importantes reformas que vêm mudando o país.

Depois de ouvir inúmeros companheiros e seguindo o que determina o nosso Estatuto, estou apresentando à Executiva o nome do senador Tasso Jereissati, do PSDB do Ceará, para assumir nessa interinidade a presidência do partido.

Estou seguro de que, sob seu comando, com o apoio de nossos governadores e prefeitos, de nossas bancadas no Senado e na Câmara, dos nossos diretórios estaduais, de nossos líderes municipais e de todos nós, ele fará o partido seguir de forma firme e corajosa sua vitoriosa trajetória.

Aguardarei com firmeza e serenidade que as investigações ocorram e estou certo de que, ao final, como deve ocorrer num país onde vigora o Estado de Direito, a verdade prevalecerá e a correção de todos os meus atos e de meus familiares será reconhecida.

Senador Aécio Neves
Presidente Nacional do PSDB

Por Fabio Sena | 18/05/2017 - 17h04
Tanto esforço e dificuldades superadas, meu único compromisso, meus senhores e minhas senhoras, é com o Brasil. E é só este compromisso que me guiará.

O presidente Michel Temer afirmou na tarde desta quinta-feira (18) no Palácio do Planalto que não teme delação e que não renunciará. Ele fez um pronunciamento motivado pela delação premiada dos empresários Joesley e Wesley Batista, donos da JBS. As delações já foram homologadas pelo Supremo Tribunal Federal. Nesta quinta, o ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF, autorizou a abertura de inquérito para investigar o presidente. “No Supremo, mostrarei que não tenho nenhum envolvimento com esses fatos. Não renunciarei. Repito: não renunciarei. Sei o que fiz e sei a correção dos meus atos. Exijo investigação plena e muito rápida para os esclarecimentos ao povo brasileiro. Essa situação de dubiedade e de dúvida não pode persistir por muito tempo”, declarou.

Por Diário Conquistense | 18/05/2017 - 14h48
Bruno Araújo é a primeira baixa do PSDB no governo de Michel Temer.

Depois de ouvir vários deputados do PSDB, o ministro das Cidades Bruno Araújo decidiu deixar o governo. Essa é a primeira baixa desde que se instalou a crise política após a revelação de que o presidente Michel Temer deu aval para a compra do silêncio de Eduardo Cunha. Bruno Araújo deve comunicar sua decisão ao Palácio do Planalto nas próximas horas. Nas conversas com deputados tucanos, Bruno ouviu e concordou que não dava mais para permanecer no governo após as revelações.

Gerson Camarotti – G1

Por Fabio Sena | 19/05/2017 - 22h10
Ela foi presa há pouco em Belo Horizonte acusada de pedir dinheiro para Joesley Batista em nome do irmão

Andrea Neves, irmã do senador Aécio Neves, tinha uma passagem comprada para Londres na noite desta quinta-feira, segundo investigadores. Ela foi presa há pouco em Belo Horizonte acusada de pedir dinheiro para Joesley Batista em nome do irmão, que recebeu R$ 2 milhões do empresário em entrega filmada e registrada. O dinheiro foi dada a um primo de Aécio. A Operação que afastou o presidente do PSDB do mandato foi denominada pela Polícia Federal de Patmos. É uma referência a ilha grega onde o apóstolo João teria recebido mensagens do apocalipse.

Por Fabio Sena | 18/05/2017 - 08h36
"Agora chego à conclusão de que a eleição de 2014 foi uma fraude", concluiu.

BERNARDO MELLO FRANCO
COLUNISTA DA FOLHA

A ex-senadora Marina Silva (Rede) afirmou à Folha que o presidente Michel Temer “sabotou a República” e não tem mais legitimidade para permanecer no cargo. Ela defendeu a renúncia de Temer e a realização de eleições diretas para presidente. “Temer não tem credibilidade, não tem legitimidade e vai para zero de popularidade”, disse Marina, na noite desta quarta (17). “A renúncia é a única coisa que resta ao presidente, se ele não quiser preservar por apenas alguns dias o foro privilegiado”, afirmou. Marina ressaltou que a sociedade não pode cruzar os braços caso Temer não tome a decisão voluntária de sair. “A renúncia é um ato unilateral. Mas não podemos ficar esperando a consciência dele. Temos que apelar às instituições”, afirmou.

Por Fabio Sena | 18/05/2017 - 08h27

O marqueteiro de campanhas eleitorais do PT João Santana divulgou nota nesta quarta-feira, 17, em que afirma que o ex-ministro José Eduardo Cardozo diz de forma ‘cínica’ que não houve caixa 2 nas campanhas de 2010 e 2014. O marqueteiro trabalhou nas campanhas eleitoral de Dilma Rousseff (PT) à Presidência nos dois anos. “O advogado Cardoso insiste também na versão surrada expressa a mim, desde 2015, pela presidente Dilma, de que o “altíssimo custo” oficial da campanha seria uma prova vigorosa de que não houvera “pagamentos não contabilizados”. Este argumento não se sustenta para qualquer pessoa que conheça os altos custos e a realidade interna das campanhas”, afirma. Segundo o marqueteiro, ‘as únicas vezes’ que mentiu sobre a presidente Dilma ‘foi para defendê-la’. “E isso já faz algum tempo”, pontuou. “Jamais para acusá-la. Lamento por tudo que ela, Mônica e eu estamos passando. A vida nos impõe momentos e verdades cruéis.”

12345...102030...