A mídia da cidadania
Vitória da Conquista | 10 de Dezembro de 2018
Por Fabio Sena | 04/01/2017 - 01h08
A faixa etária, de acordo com o Ministério da Saúde, será ampliada gradativamente até 2020

A diretoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), atendendo à orientação do Programa Nacional de Imunização, está recomendando que todos os municípios do Estado da Bahia implementem imediatamente as mudanças preconizadas no Calendário Nacional de Vacinação para o ano que se inicia. Entre as mudanças determinadas pelo Ministério da Saúde está a inclusão, no público alvo para receber a vacina HPV quadrivalente, da população masculina de 12 e 13 anos de idade, no esquema de duas doses, com intervalo de seis meses entre as doses. A faixa etária, de acordo com o Ministério da Saúde, será ampliada gradativamente até 2020, período em que serão incluídos meninos de 9 a 13 anos.

A partir da recomendação da Sesab, cada município poderá adotar a estratégia que considerar mais adequada para alcançar a população alvo. A expectativa do Ministério da Saúde é imunizar, em todo o país, mais de 3,6 milhões de meninos este ano, além de 99,5 mil crianças e jovens de 9 a 26 anos que vivem com HIV/Aids no Brasil. Para os que vivem com HIV/Aids, o esquema vacinal é de três doses, com intervalo de dois e seis meses, respectivamente. Nesses casos, é necessário apresentar prescrição médica.

- Deixe seu comentário -