A informação que você precisa.
Vitória da Conquista | 20 de Janeiro de 2020
Por Fabio Sena | 09/01/2017 - 19h28
A OAB/SP encaminhou o pleito ao Conselho Federal da OAB, que aprovou por unanimidade a proposta.

Uma decisão inédita no país garantiu à Márcia Rocha o direito de usar o nome social em sua identidade profissional de advogada, tornando-se a primeira advogada travesti do Brasil, com ato formal realizado na sede da OAB de São Paulo. A solicitação com o pedido foi a primeira do país, encaminhada por uma comissão formada pelos advogados Dimitri Sales, Junior Assis e a própria Márcia Rocha, em nome da Comissão de Diversidade Sexual da Seção paulista da OAB, que elaboraram o pedido de alteração dos registros profissionais de advogados e advogadas travestis e transexuais. A OAB/SP encaminhou o pleito ao Conselho Federal da OAB, que aprovou por unanimidade a proposta. “Em um momento em que recrudesce a violação de direitos e fortalecem discursos de intolerância, a OAB de São Paulo e o Conselho Federal tomam uma atitude de grande coragem! Sem dúvida, um passo importante para a luta em favor dos direitos da diversidade sexual no Brasil”, afirmou Dimitri Sales.

- Deixe seu comentário -