A mídia da cidadania
Vitória da Conquista | 26 de Setembro de 2018
Por Fabio Sena | 14/01/2017 - 23h59

Correio Braziliense

Um homem de 20 anos foi preso e quatro adolescentes apreendidos em flagrante pelo estupro de uma menina de 11 anos. De acordo com a Polícia Civil, a criança foi até a casa de um dos envolvidos e, lá, foi obrigada a ter relações sexuais com ele e com os colegas. O crime foi gravado em um celular, apreendido pela corporação. Os adolescentes foram encaminhados para a Delegacia da Criança e do Adolescente 2 (Taguatinga) e o homem preso. A menina já passou por todos os exames, foi medicada e está recebendo acompanhando psicológico. O crime aconteceu na última terça-feira (10/1), na Cidade Satélite Recanto das Emas.

Um dos adolescentes envolvidos no crime, de 17 anos, foi autuado por atos infracionais análogos a estupro de vulnerável, injúria e por filmar cena de sexo explícito ou pornográfico envolvendo criança ou adolescente. Outro, da mesma idade, por estupro de vulnerável. E os demais, de 13 e 15 anos, por satisfação de lascívia mediante presente de criança ou adolescente. O único maior de idade do grupo vai responder por estupro de vulnerável e por crime de exploração sexual de menor.

Na tarde de quinta-feira (12/1), a Justiça do DF decidiu pela prisão preventiva do homem de 20 anos. Na decisão, consta que, além de ter forçado a vítima a praticar relações sexuais contra a sua vontade, com várias pessoas, ele teria também filmado todos os atos criminosos. Após examinar os autos, o juiz do Núcleo de Audiências de Custódia do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) verificou que não ocorreu nenhuma irregularidade que pudesse gerar o relaxamento da prisão em flagrante.

Ele foi levado para o Centro de Detenção Provisória (CDP). A prisão gerou a instauração de procedimento que será distribuído para a Vara Criminal da Circunscrição do Recanto das Emas, na qual os fatos serão apurados, e o processo terá seu trâmite normal até prolação da sentença.

- Deixe seu comentário -