A mídia da cidadania
Vitória da Conquista | 18 de Outubro de 2018
Por Maurício Sena | 31/01/2017 - 13h49
Danielle Lancaster: "Meu sonho é ter uma carreira próspera e exercer essa profissão por um bom tempo, porque é isso que eu amo fazer."

Idade: 16 anos, Altura: 1,77, Busto: 77, Cintura: 59, Quadril: 86, Manequim: 36, Sapatos: 38, Olhos: Castanhos, Cabelos: Castanhos Claros. Estas são as credenciais de Danielle Lancaster, conquistense nata, que até os 8 anos morou no bairro Ipanema e agora, radicada no Rio de Janeiro, ganha as passarelas do Brasil, como modelo confirmada na Semana de Moda do Rio de Janeiro e também no São Paulo Fashion Week (SPFW), as mais badaladas vitrines do universo da moda no país, nas quais Danielle vai figurar como top profissional, pela Agência 40 graus, representando a Bahia e Vitória da Conquista.

A modelo e estudante Danielle Lancaster deu os primeiros passos em direção às passarelas ainda aos 4 anos de idade, em Niterói, quando foi produzido o primeiro book, pela Estela Estúdio. “O que me custou a metade do salário… nem me importei depois de vê-la com tanta destreza. Parecia que tinha nascido pra isso”, afirma Daniel Lancaster, pai de Danielle. Ele lembra ainda que matriculou a filha, aos 12 anos, na Escola de Artes Desir, onde estudou por 6 meses, aprendendo expressão corporal, atuação, desfile, postura e vídeo. Aos 14 anos foi abordada no colégio por agência, quando Daniel desembolsou 4 mil reais para um teste em São Paulo. “Não deu em nada!”, recorda Daniel, que depois de muitas tentativas, assumiu a carreira da filha, que contava 15 anos, chegando a cumprir várias funções: produtor, fotógrafo e agenciador.

Na busca por uma oportunidade, Daniel pesquisou sobre o assunto e uma vez compreendo melhor o universo da moda, visitou todas as agências ao seu alcance para as quais enviou o perfil de Danielle. “Depois fui pessoalmente e avaliei a proposta de cada uma delas, mas a maioria só queria vender o book”, afirma o pai. “Então conheci a AgÊncia 40 Graus Models, com a qual logo nos identificamos pela qualidade e competência. Não nos pediu nada. Como ela tinha 15 anos o Sérgio mattos nos pediu pra esperar os 16 assim fizemos”.

Agora, passo a passo, Danielle cresce nas passarelas e está pronta para escalas em outras grandes experiência e conversou com o Diário Conquistense sobre o período em Vitória da Conquista e fase especial que está vivendo em seu princípio de carreira. “Não tenho muitas lembranças da minha infância lá já que vim muito pequena pro RJ mas o pouco que me lembro são momento felizes na casa da minha avó”, recorda a modelo.

Sobre a carreira e atingir o estágio profissional Danielle diz que foi um processo difícil. “O mercado é competitivo e requer muita disciplina”, por outro lado, a recompensa: “estou muito animada para o SPFW e a semana de moda não poderia está mais feliz por que é uma coisa que eu sempre desejei na minha carreira”, comemora, ela que se inspira na modelo Maria Borges, “que tem uma história linda de superação” e também da Gisele Bündchen, além de sempre estar antenada nas revistas especializas.

“Meu sonho é ter uma carreira próspera e exercer essa profissão por um bom tempo, porque é isso que eu amo fazer”, declara a conquistense, que deixa um recado para quem pretende seguir este caminho da moda. “Nunca desistam porque não vai ser fácil. Mas tenham fé e determinação que vão chegar onde querem.”

- Deixe seu comentário -