A mídia da cidadania
Vitória da Conquista | 15 de Dezembro de 2018
Por Fabio Sena | 01/02/2017 - 16h06
"Nós ficamos até o último minuto, quando vimos que ele não tinha condição de ganha”

Bahia.ba

O deputado estadual Fabrício Falcão (PCdoB) admitiu que a legenda – que tem três parlamentares na da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) – migrou para a candidatura de Ângelo Coronel (PSD) a presidente da Casa quando viu que o atual comandante do Legislativo estadual, Marcelo Nilo (PSL), ia perder. “PCdoB é fiel, amigo de Marcelo, votamos nele por cinco vezes consecutivas. Nós ficamos até o último minuto, quando vimos que ele não tinha condição de ganhar”, disse, ao bahia.ba. Nilo reclamou de abandono e disse que o PCdoB o deixou na véspera da eleição. “Quem derrotou Marcelo foi o partido dele, quando quatro deputados deixaram de votar nele”, disparou.

- Deixe seu comentário -