A mídia da cidadania
Vitória da Conquista | 14 de Novembro de 2018
Por Maurício Sena | 21/02/2017 - 16h29
Elinaldo Leal, Coordenador do GPAP: "No âmbito da pesquisa estamos analisando se a continuidade Administrativa de um partido político no poder, leva ou não a uma eficiência da gestão. Empiricamente estamos analisando a gestão do PT em Vitória da Conquista"

No dia 11 de março, de 9 às 17 horas, o Grupo de Pesquisa em Administração Política (GPAP) da Uesb, campus de Vitória da Conquista, realizará o “2º Workshop de Administração Política: afinando conceitos”. O evento, que acontecerá no auditório 1 do módulo Antônio Luís Santos (Luisão), tem o objetivo de proporcionar aos novos integrantes do GPAP e interessados em conhecer a temática um espaço de reflexão e discussão dos principais conceitos que fundamentam o campo de estudo da Administração Política. Ao todo, serão disponibilizadas 50 vagas e os interessados em participar podem se inscrever, preenchendo formulário disponível aqui. Para mais informações, confira a programação do evento ou entre em contato com os colegiados dos cursos de Administração da Uesb ou da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) respectivamente, pelos telefones (77) 3424-8668 e (77) 3422-8826.

O GPAP é um grupo de estudo e pesquisa sobre gestão contemporânea que faz parte da rede brasileira pesquisadores em administração Política. Suas ações centram em estudos e pesquisas de questões filosóficas, conceituais e praxiológicas referentes os diversos modelos de gestão, quer empresarial, pública ou societal, afirma o Elinaldo Leal, professor Adjunto da Uesb e Coordenador do GPAP. “No âmbito da pesquisa estamos analisando se a continuidade Administrativa de um partido político no poder, leva ou não a uma eficiência da gestão. Empiricamente estamos analisando a gestão do PT em Vitória da Conquista”, revela o professor, informando ainda que no âmbito dos estudos e debates, este ano, o grupo se debruçará sobre a temática do desenvolvimento dos clássicos ao contemporâneo, estudando os principais teóricos do desenvolvimento: Smith, Ricardo, Marx, Schumpeter, Keynes, Furtado, Escobar, Latouche, entre outros.

Leal informa também que a Rede Brasileira de Administração Política vem contribuindo com uma série de publicações científicas, que podem ser acessadas em periódicos como Revista de Administração Pública, Revista Organizações e Sociedade, Cadernos da Escola de Administração Pública da FGV e Revista Brasileira de Administração Política.

- Deixe seu comentário -