A informação que você precisa.
Vitória da Conquista | 14 de Agosto de 2020
Por Fabio Sena | 17/03/2017 - 11h23
Esta reforma, do jeito que está não pode acontecer, diz Fabíola.

A presidente da Comissão de Educação, Cultura, Ciência, Tecnologia e Serviço Público da Assembleia Legislativa da Bahia, Fabíola Mansur (PSB), participou na manhã desta quinta-feira (16), no município de Amélia Rodrigues do Encontro da Regional Metropolitana da APLB Sindicato. A convite da diretora regional, Maria Raimunda, a parlamentar participou de um debate sobre a Reforma da Previdência. Fabíola fez duras críticas a reforma como está apresentada, chamando atenção para o fato de as mulheres serem as mais prejudicadas, em função do aumento da idade mínima, desconsiderando o fato de que, em função da dupla jornada, as mulheres trabalham em média 7h a mais que os homens.

“A obrigatoriedade de 49 anos de contribuição para o trabalhador ter direito a totalidade do valor da aposentadoria, bem como a equiparação da idade mínima de 65 anos para homens e mulheres é um grave retrocesso em direitos adquiridos. Esta reforma, do jeito que está não pode acontecer, precisamos de um profundo debate com a sociedade”, disse ela que convocou todos a lutarem pela manutenção de seus direitos.

Participaram também do debate Claudemir Nonato, diretor da APLB-Sindicato; José Lourenço Dias, diretor de Organização da APLB-Sindicato; Rui Oliveira, coordenador da APLB-Sindicato; Maria Raimunda e Eunice Alves, diretoras da Regional Metropolitana. Presentes ao ato, representantes das cidades de Catu, Conceição do Jacuípe, Terra Nova, Teodoro Sampaio, Simões Filho, Santo Amaro, Madre de Deus, Mata de São João, Cachoeira e Pojuca.

- Deixe seu comentário -