A informação que você precisa.
Vitória da Conquista | 20 de Janeiro de 2020
Por Fabio Sena | 24/03/2017 - 15h58
O lutador Rogério Minotouro se disse bastante satisfeito por estar montando sua primeira academia em Vitória da Conquista e se aproximar da FTC

Destaque no Ministério da Educação como sexto melhor da Bahia (de um total de 29), o curso de Educação Física da FTC Conquista deu mais um passo na qualificação dos seus estudantes, ao realizar parceria na noite desta quinta-feira (23) com a Academia Team Nogueira, de Rogério Minotouro, lutador conquistense de MAA reconhecido internacionalmente. A parceria foi anunciada durante evento no Auditório da FTC, que contou com a presença da comunidade acadêmica, em especial de alunos de Educação Física. O estágio chega num momento em que a faculdade está em expansão, inclusive com novo curso de licenciatura em Educação Física. Ao todo, serão ofertadas dez vagas, e alunos do curso de Fisioterapia também poderão participar.

“Nós temos a disciplina Esporte e Combate, que os alunos têm de passar por ela. Essa parceria seria com a disciplina e com o Estágio Supervisionado I, obrigatório. Iremos alocar alguns alunos do estágio, que é de 60 horas, na academia”, disse a professora. Margareth Rocha Lima Matos, coordenadora do curso de Educação Física da FTC e para quem a parceria “abre a possibilidade de estágio na área de artes marciais”.

“Temos parcerias com outras instituições, e com essa agora amplia o número de vagas para poder atender esse nosso aluno. Os estudantes vão ter contato tanto com a parte neuromuscular quanto com a parte de esporte de combate. Associar a nossa imagem a de lutadores de Conquista reconhecidos no mundo todo é muito bom”.

O lutador Rogério Minotouro se disse bastante satisfeito por estar montando sua primeira academia em Vitória da Conquista e se aproximar da FTC. “Poder lançar esta parceira é muito proveitoso pra gente, professores e estudantes e Educação Física e Fisioterapia da faculdade”, ele disse.

“A Team Nogueira trabalha com metodologia inovadora, como o programa de ensino funcional só para mulheres, crosfit voltado para o lutador de arte marcial e outros para crianças. Então, terá bastante coisa para o estudante de Educação Física aprender e ser um bom profissional”, declarou Minotouro.

- Deixe seu comentário -