A mídia da cidadania
Vitória da Conquista | 26 de Setembro de 2018
Por Fabio Sena | 05/05/2017 - 12h25
“Quando precisamos sepultar alguém nesse cemitério improvisado, que já está cheio, precisamos retirar os ossos que ali estão, pra sepultar outro corpo”, disse uma moradora.

Moradores do Povoado do Choça, zona rural de Vitória da Conquista ,continuam vivendo o mesmo drama quando chega a hora de sepultar um ente querido: a localidade não conta com um cemitério e, diante da situação, não enxergam outro caminho senão sepultar seus mortos em um terreno ao lado das residências. O local, segundo os moradores, acabou se transformando num pequeno cemitério, que já não tem condições de sepultar ninguém. A reportagem do Blog do Nildo Freitas esteve conversando com alguns moradores que disseram não ter mais condição do povoado do Choça ficar sem um espaço adequado para sepultamento. “Quando precisamos sepultar alguém nesse cemitério improvisado, que já está cheio, precisamos retirar os ossos que ali estão, pra sepultar outro corpo”, disse uma moradora.

O problema chegou até a Câmara de Vereadores através do vereador Adinilson Pereira (PSB), que atendendo uma solicitação dos moradores do Choça apresentou no mês de outubro de 2014 indicação de nº 798/2014, solicitando da administração municipal a construção de um cemitério na localidade. Ainda na gestão anterior, uma área foi disponibilizada para a construção do cemitério, entendendo ser de extrema importância para a comunidade local. O problema é que algumas pessoas se manifestaram contra a instalação desse cemitério e o caso foi parar no Ministério Público, que ainda não deu nenhum parecer sobre o caso.

- Deixe seu comentário -