A mídia da cidadania
Vitória da Conquista | 16 de Novembro de 2018
Por Fabio Sena | 08/05/2017 - 01h14
Marta Suplicy negou que a proposta trate do casamento religioso, como alegam parlamentares da bancada evangélica

A senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), autora do projeto que legaliza o casamento entre pessoas do mesmo sexo (PLS 612/2011), admitiu que haverá dificuldades para aprovação do texto na Câmara dos Deputados. Ela ponderou, no entanto, que a união estável homoafetiva já é feita pelos cartórios. Em entrevista à jornalista Hérica Christian, a senadora explicou que o projeto, já aprovado pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), apenas modifica o Código Civil para possibilitar a conversão da união estável em casamento. Marta Suplicy negou que a proposta trate do casamento religioso, como alegam parlamentares da bancada evangélica. Ouça o áudio da Rádio Senado.

- Deixe seu comentário -