A mídia da cidadania
Vitória da Conquista | 16 de Novembro de 2018
Por Maurício Sena | 08/06/2017 - 15h00
Serão dois dias de Conferência onde, além das palestras e discussões, será instituída também uma comissão organizadora local que deverá contar com um membro da Comissão Organizadora Estadual

Teve início na tarde desta quarta-feira, 07, a etapa Macro-Sudoeste da Primeira Conferência Estadual de Saúde das Mulheres da Bahia (CESMuBahia). O evento foi realizado no auditório da Escola de Formação em Saúde da Família de Vitória da Conquista. A mesa de abertura contou com a participação da secretária municipal de Saúde, Ceres Almeida, que, na oportunidade, representou o Prefeito Herzem Gusmão. A secretária destacou a importância da realização da conferência no que diz respeito à prática das políticas de atenção à saúde da mulher. “São políticas que, apesar de já existirem no papel há muito tempo, algumas ações ainda não foram desenvolvidas”, afirmou Ceres Almeida e completou: “a realização da Conferência vem aflorar parte dessas necessidades não contempladas. Além disso, será possível fazer um diagnóstico da região com relação às necessidades de investimento na implementação dessas políticas de atenção”.

Na programação da tarde, aconteceu a palestra magna, com o tema “Saúde das Mulheres: Desafios para a Integralidade com Equidade”, ministrada pela secretária de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia, Dra. Julieta Palmeira. Segundo ela: “discutir politicas públicas para as mulheres é discutir democracia, discutir a desigualdade de gênero, de classe e de raça no nosso país”. Ela ressaltou com veemência, entre outros aspectos, a importância de se combater o machismo e propôs: “mulheres e homens, unam forças por nenhum direito a menos e nenhum passo atrás em nossa sociedade hoje”.

O Presidente do Conselho Estadual de Saúde, Ricardo Luiz Mendonça, também esteve presente ao evento. Ele ressaltou o empenho do Governo do Estado na realização das conferências regionais e da conferência estadual em um momento, segundo ele, de dificuldade financeira. “Estamos fazendo a primeira Conferencia Estadual e o Conselho Nacional está fazendo a Segunda Conferência”, lembrou o Presidente. “É a primeira vez que estamos discutindo efetivamente uma política para as mulheres em nosso Estado”, completou.

Serão dois dias de Conferência onde, além das palestras e discussões, será instituída também uma comissão organizadora local que deverá contar com um membro da Comissão Organizadora Estadual, um membro da Comissão de Comunicação e Mobilização Estadual e um membro da Comissão de Relatoria Estadual, representantes dos Núcleos Regionais de Saúde, membros do COSEMS, Conselhos Municipais de Saúde, Movimentos Sociais entre outros, vinculada à Comissão Organizadora Estadual. Esta comissão vai participar da CESMuBahia, que acontece de 27 a 29 de Junho em Salvador e é uma etapa da 2ª Conferência Nacional.

- Deixe seu comentário -