A mídia da cidadania
Vitória da Conquista | 15 de Dezembro de 2018
Por Fabio Sena | 16/06/2017 - 11h12
O Presidente da Câmara, Hermínio Oliveira (PPS), afirmou que os 21 vereadores estão ao lado dos grevistas.

Após a sessão especial da manhã da quarta-feira, 14, os vereadores seu reuniram com representantes dos três sindicatos dos servidores municipais de Vitória da Conquista e acordaram com os sindicalistas que o Projeto de Lei que trata do reajuste salarial dos servidores municipais só será votado caso o corte do ponto dos grevistas, anunciado pelo Poder Executivo, seja suspenso. O líder da Oposição, Fernando Jacaré, do PT, declarou que a Câmara é a representante legítima na defesa da população e que está “buscando a garantia de que não haverá perseguição, não haverá cortes de salários”, acrescentando que “o compromisso é de só votar o projeto com essas garantias”. O Presidente da Câmara, Hermínio Oliveira (PPS), afirmou que os 21 vereadores estão ao lado dos grevistas.

- Deixe seu comentário -