A informação que você precisa.
Vitória da Conquista | 15 de Agosto de 2020
Por Fabio Sena | 01/08/2017 - 20h42
Além dos aspectos físicos dos carros-pipa, os proprietários devem ficar atentos à documentação exigida no momento da vistoria.

A Prefeitura Municipal, por meio da Vigilância Sanitária, deu início à vistoria dos veículos para a realização da Operação Pipa. Até o próximo dia 11, os proprietários deverão conduzir os caminhões-pipa até o pátio da Central de Equipamentos (Deserg) para a inspeção sanitária dos tanques que transportam a água potável. O procedimento é uma exigência para que seja liberada a participação na Operação, o que garante a qualidade da água que será transportada e a segurança da saúde da população que será atendida.

Os primeiros veículos já passaram pela vistoria na manhã desta terça-feira, 1º. Segundo a Inspetora Sanitária, Cristiane Couto, são feitas oito vistorias por dia, nas quais são observados diversos aspectos dos veículos. “São vários itens”, afirma Cristiane, “inclusive a pintura interna do tanque, que deve ser feita com tinta epox, que é específica para o transporte de água e alimentos. Se houver internamente, por exemplo, pontos de ferrugem, a gente solicita a correção”. Além disso, a vistoria observa o fechamento adequado das aberturas dos tanques para impedir a entrada de poeira e insetos.

Outro aspecto extremamente importante é a identificação externa do tanque com a inscrição “Água Potável”. Segundo a Inspetora, se o tanque não tiver essa inscrição, significa que o tanque não foi vistoriado pela Vigilância Sanitária. Segundo ela, “pode estar sendo transportada ali uma água que não foi tratada ou, mesmo que seja tratado, pode estar acontecendo uma mistura nesse tanque. Uma hora transportando água tratada outra hora água não tratada, o que oferece grande risco à saúde da população”. Nesses casos, a população deve denunciar à Defesa Civil ou ao Exército.

Além dos aspectos físicos dos carros-pipa, os proprietários devem ficar atentos à documentação exigida no momento da vistoria. Devem ser apresentados o registro de limpeza do tanque e a nota fiscal da tinta epox utilizada na pintura interna. A realização da inspeção é exigida por lei e visa a plena realização da Operação Pipa. “Nossa vistoria traz uma garantia de que essa água vai estar em um tanque com as condições necessárias para um transporte seguro”, explica Cristiane Couto.

As vistorias acontecem sempre no período da manhã. O Deserg fica situado na Rua Santa Catarina, no bairro Patagônia.

- Deixe seu comentário -