A informação que você precisa.
Vitória da Conquista | 17 de Janeiro de 2020
Por Fabio Sena | 04/10/2017 - 10h36
A sífilis é uma doença infecciosa, silenciosa, causada pela bactéria Treponema pallidum e que pode ser transmitida por meio da relação sexual desprotegida

O terceiro sábado do mês de outubro, 21, é o Dia Nacional de Combate à Sífilis. Em Vitória da Conquista, a Prefeitura, por meio do Centro de Atenção e Apoio à Vida Dr. David Capistrano Filho (Caav), promoverá ações de mobilização durante todo o mês para lembrar as estratégias de prevenção e eliminação da doença no município. Entre as atividades que serão desenvolvidas estão aquelas que serão destinadas aos profissionais de saúde e a realização de blitz educativa nas ruas do centro da cidade. Além disso, será disponibilizado teste rápido nos presídios, faculdades e empresas privadas, bem como para os profissionais do sexo, em mais uma edição do projeto Balada Noturna.

Ainda como parte da programação, entre os dias 16 e 20, numa tenda em frente ao Caav, localizado na Praça João Gonçalves, serão realizados os testes de sífilis e palestras, com distribuição de panfletos e preservativos. A iniciativa pretende dar visibilidade ao centro, que é referência no Sistema Único de Saúde (SUS) em HIV/Aids/Hepatites Virais e Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST).

Ações ampliadas como esta auxiliam o Caav a aprimorar os dados sobre sífilis no município, tanto do ponto de vista da notificação quanto da qualidade da informação. “Com um banco de dados mais qualificado é possível subsidiar o planejamento e o aprimoramento das ações de atenção, prevenção e vigilância da sífilis no município. Apenas com uma ação coletiva isso será possível”, reforçou a coordenadora do Centro, Riviane Santana.

Sobre a doença – A sífilis é uma doença infecciosa, silenciosa, causada pela bactéria Treponema pallidum e que pode ser transmitida por meio da relação sexual desprotegida com alguém contaminado ou através de transfusão de sangue. Toda pessoa com vida sexual ativa deve realizar o teste para diagnosticar a sífilis, em especial as gestantes, pois a sífilis congênita pode provocar o aborto, causar má formação do feto ou morte ao nascer.

- Deixe seu comentário -