A informação que você precisa.
Vitória da Conquista | 11 de Dezembro de 2019
Por Fabio Sena | 05/12/2017 - 14h56
O NAJA repudia o desrespeito aos direitos humanos e a falta de um diálogo democrático e civilizado.

Com profunda indignação, o Núcleo de Assessoria Jurídica Alternativa – NAJA lamenta o ato executado pela Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista, Vara da Fazenda Pública, Ministério Público e Polícia Militar da Bahia na reintegração de posse da área da ocupação Cidade Bonita, na Serra do Piripiri, na manhã de hoje (04). O NAJA repudia o desrespeito aos direitos humanos e a falta de um diálogo democrático e civilizado.

Ante a ausência de indicação do local de acolhimento para as pessoas que estão sendo despejadas, bem como da omissão da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social que não esteve presente durante o processo de desocupação, nos solidarizamos com todos e todas mulheres, homens, crianças, idosos, adultos e jovens que foram jogados no meio da cidade sem qualquer assistência, o que consideramos um ato humanamente inaceitável.

O NAJA conclama a preservação da dignidade das pessoas que desejam ter uma moradia, instrumentos legítimos de um Estado Democrático de Direito. Espera-se que as autoridades envolvidas comecem um processo de negociação com respeito às liberdades fundamentais e sem o uso de violência. Por fim, o NAJA garante total apoio às famílias que estão sofrendo a dor deste despejo e reafirma o compromisso de monitorar e denunciar qualquer situação de irregularidade.

Núcleo de Assessoria Jurídica Alternativa – NAJA
04 de dezembro de 2017 https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=723613674503314&id=155590164639004

- Deixe seu comentário -