A mídia da cidadania
Vitória da Conquista | 15 de Dezembro de 2018
Por Fabio Sena | 16/12/2017 - 00h50
Para o secretário de Serviços Públicos, Ivan Cordeiro, o curso é mais um passo para “construir caminhos de acesso à cidadania”.

O curso de capacitação oferecido pela Prefeitura de Vitória da Conquista a cerca de 120 garis, com a temática “Cuidando de quem cuida da nossa cidade”, foi composto por quatro módulos, com carga total de 16 horas, distribuídas ao longo do mês de novembro. Os certificados de conclusão foram entregues na tarde desta quarta-feira, 13, numa cerimônia realizada no auditório do Cemae.  Para o secretário de Serviços Públicos, Ivan Cordeiro, o curso é mais um passo para “construir caminhos de acesso à cidadania”. “Por meio da iluminação pública e da limpeza pública, nós conseguimos construir esses caminhos. Por isso, a gente fez esse trabalho de capacitação com os nossos servidores, de melhoramento das atividades deles, para que a gente possa alcançar esse êxito”, defendeu o secretário.

O prefeito Herzem Gusmão também se referiu a esses dois serviços da Administração Municipal – limpeza pública e iluminação – como as que mais se destacaram ao longo deste ano. “São os que mais projetam o governo, em que pesem coisas maravilhosas que aconteceram”, ressaltou. Herzem também se referiu à importância dos garis para a comunidade – e, para isso, citou a contribuição da categoria para a redução LIRa (Levantamento do Índice Rápido de Infestação por Aedes Aegypti). O resultado geral desse índice, no primeiro semestre, havia sido de 7,2%. Já o atual, divulgado no final de novembro, apontou 3,1% – cerca de metade do anterior. “E precisamos baixar mais ainda”, registrou o prefeito.


Além das amizades que fez durante as aulas, a servidora Maria Tânia Santos garante que aprendeu bastante, especialmente no último módulo, que tratou da importância da necessidade de cuidados nutricionais, físicos e psíquicos para o trabalhador.“Às vezes pensamos que não é necessário fazer atividade física porque já trabalhamos o dia todo, caminhando. Mas eles deixam bem claro que, todo dia, temos que tirar ao menos 30 minutos para nos exercitar. Porque, no trabalho, você está se movimentando, mas não é um movimento que faz seu corpo relaxar”, relatou Maria Tânia. Seu colega de serviço público, Damião Cordeiro, considerou o curso um exemplo de “valorização” para a categoria. “Agradecemos pela valorização dos servidores. É disso que a gente precisa: ser enxergado, ser valorizado”, disse. “Nosso trabalho é muito importante. Eu não consigo enxergar nossa cidade sem estes profissionais”.

 

- Deixe seu comentário -