A informação que você precisa.
Vitória da Conquista | 25 de Janeiro de 2020
Por Fabio Sena | 04/01/2018 - 21h47
“Eu acho que ninguém fica tranquilo. Está todo mundo especulando, lutando por espaço. Vamos lutar por espaço”

por Bruno Luiz | Bahia Notícias

O deputado federal José Carlos Araújo, presidente do PR na Bahia, minimizou a declaração do governador Rui Costa (PT), que disse nesta quinta-feira (4) ser “evidente” a participação de PT, PSD e PP na chapa majoritária de sua candidatura à reeleição (leia aqui). O PR faz parte da tropa de partidos aliados ao governo que exige uma das três vagas disponíveis, já que uma será ocupada pelo petista. “Acho que o governador falou em função do momento. Lógico que o PSD hoje reúne as credenciais. Cada partido tem seu tamanho e seu quinhão de acordo com o tamanho. Lá na frente, se mudar o cenário, a coisa pode mudar”, declarou Araújo, em entrevista ao Bahia Notícias nesta tarde. Mesmo aparentando tranquilidade, o parlamentar confessou que a fala de Rui causa preocupação. “Eu acho que ninguém fica tranquilo. Está todo mundo especulando, lutando por espaço. Vamos lutar por espaço”, afirmou. Ainda segundo o parlamentar, o martelo ainda não está batido pelo governador, que vai analisar a formação da chapa com cuidado. “O governador é um homem pragmático. Vai decidir em cima de fatos, em cima de números, o que é melhor para a chapa, mais rende dividendos e após conversa com os partidos. Isso só saberemos depois de abril”, avaliou. Questionado sobre a possiblidade de partir para uma candidatura avulsa ao Senado, caso fique de fora da majoritária, Araújo negou categoricamente. “O PR não tem tendência ao suicídio”, garantiu.

- Deixe seu comentário -