A mídia da cidadania
Vitória da Conquista | 26 de Setembro de 2018
Por Fabio Sena | 08/02/2018 - 11h01
"Vamos ser campeões da Bahia!” Enquanto isso não acontece, a Criptonita pode imaginar que o resultado de ontem foi uma fantasia de carnaval.

 

Pedro Alexandre Massinha

Muita gente dirigiu-se a mim e afirmava que o motivo pela péssima performance do Vitória da Conquista no campeonato baiano era a falta de experiência do treinador Washington que deu a largada na sua nova profissão dentro do mundo do futebol. A diretoria do Bode apostou na trajetória positiva do Coração Valente e numa jogada de marketing lançou o ex-jogador da seleção brasileira como a principal marca do time. Washington, elegante e consciente, não deixou para o presidente Ederlane o dissabor de ter que demiti-lo, se é que o faria, e ainda no vestiário entregou o cargo. Tudo isso aconteceu depois da derrota para o Jacuipense. Foi a partir daí que torcedores e membros da imprensa atribuíram ao treinador o fracasso parcial da equipe na competição.

No jogo de ontem ficou claro que temos uma equipe limitada e que mais uma vez a nossa cidade vai apenas participar do certame baiano. O compromisso é só esse, nada mais. Reconhecemos na diretoria do clube um espírito de abnegação, de entrega total, de seriedade, mas que o título ainda não é a prioridade. Se ele vir, tudo bem, mas a prioridade vem sendo o patrimônio do clube, a organização inegável. O CT (Centro de Treinamento) é uma prova que a gestão do Vitória da Conquista é vitoriosa, mas time que se preza não pode viver sem título, a torcida não consegue sobreviver sem o grito de gol. O que foi marcado ontem na Fonte Nova por Caça Rato ficou muito distante dos seis marcados pelo Bahia. O ECPP, através do seu artífice Ederlane Amorim, precisa deixar claro para Vitória da Conquista se basta apenas a inscrição no campeonato, as vendas de possíveis nomes que venham a surgir e ter o lucro de qualquer empresa que se preza ou se para os anos vindouros a cidade terá um time capaz de dizer: “vamos ser campeões da Bahia!” Enquanto isso não acontece, a Criptonita pode imaginar que o resultado de ontem foi uma fantasia de carnaval.

- Deixe seu comentário -