A mídia da cidadania
Vitória da Conquista | 16 de Julho de 2018
Por Fabio Sena | 19/02/2018 - 13h23
O Esaú Matos conta atualmente com uma equipe de 30 obstetras, 26 pediatras, 35 enfermeiros e 170 técnicos de enfermagem.

O Hospital Municipal Esaú Matos, que pertence à Fundação de Saúde de Vitória da Conquista, é referência em todo o estado da Bahia em atendimento obstétrico, pediátrico e por sua UTI Neonatal. Uma excelente notícia para Conquista e para os outros 76 municípios pactuados com a instituição. Somente em 2017, o Esaú Matos atendeu a 18.685 mulheres na área de obstetrícia. Dessas, menos de 6 mil resultaram em internamento. O internamento ocorre em casos considerados urgentes e emergentes pelo Protocolo Estadual de Classificação de Risco. Os outros atendimentos foram consultas simples e consultas com observação, de acordo com o padrão do Protocolo. Além disso, no último ano, o Hospital registrou 4.190 nascimentos, entre partos de alto e baixo risco.

Na área de pediatria, a maioria dos atendimentos também se refere a casos de baixo risco. O Hospital contabilizou, em média, 781 consultas simples e 702 consultas com observação por mês. Enquanto isso, apenas 65 atendimentos estiveram na esfera de risco grave, tendo como consequência o internamento. Isso representa 4% do total de 18.573 atendimentos pediátricos contabilizados em 2017. Na ala ambulatorial do Hospital, os pacientes de obstetrícia e de pediatria são divididos em recepções específicas, ambas climatizadas. Outro diferencial da instituição é que todas as crianças nascidas lá têm acesso ao teste da orelhinha e ao serviço de registro civil. Os bebês que permanecem por mais de 72 horas já podem sair após fazer o teste do pezinho. Para a prestação de um serviço de qualidade e referência nessas áreas, o Esaú Matos conta atualmente com uma equipe de 30 obstetras, 26 pediatras, 35 enfermeiros e 170 técnicos de enfermagem.

- Deixe seu comentário -