A informação que você precisa.
Vitória da Conquista | 08 de Agosto de 2020
Por Fabio Sena | 12/10/2017 - 21h27
Petrônio Joab, Elton Becker e João Omar na Fligê 2017. Foto: Joana Rocha

Depois de 14 anos, o maestro João Omar e o solista Elton Becker estão de volta ao teatro Carlos Jeohvah, para uma apresentação que envolve música e literatura, Euclides da Cunha, o livro “Os Sertões” e, desta vez, os 120 anos da Guerra de Canudos (1896-1897). A primeira reunião dos amigos aconteceu em 2003, quando a obra magna de Euclides completara 100 anos de edição. E, de lá para cá, eles já se apresentaram em várias capitais brasileiras, a exemplo de São Paulo, no Centro Cultural São Paulo; no Rio de Janeiro, na Biblioteca Nacional; em Belo Horizonte, no museu Abílio Barreto; e, claro, em Salvador, na sala de concerto do SESC-Pelourinho.

Por Fabio Sena | 12/10/2017 - 01h00
Fabrício assegurou que envidará todos os esforços para “destravar” o curso de Medicina da FAINOR

O deputado estadual Fabrício Falcão (PCdoB) e os diretores da Faculdade Independente do Nordeste|Fainor, professores Edgard Larry e Iuri Andrade, receberam nesta quarta-feira (11) um dos mais importantes reconhecimentos pelos esforços envidados em defesa de uma educação superior privada de qualidade. Trata-se da Comenda A Sociedade Brasileira de Heráldica e Medalhística, Ecológica, Humanística Cultural, Beneficente e Educacional.

A atividade foi realizada na Câmara de Vereadores de São Paulo. Ao lado de Fabrício, a deputada federal paulistana Luíza Erundina (PSOL) também foi agraciada pelos esforços enquanto parlamentar em defesa do ensino superior no tocante às faculdades privadas. Ambos foram apresentados como parlamentares que, embora defensores do ensino público, têm compreensão da importância do ensino complementar da rede particular.

Por Fabio Sena | 12/10/2017 - 00h19
Mais de R$ 50 milhões deixaram de ser repassados para as verbas de manutenção, investimento e custeio da Uesb

Professoras e professores do curso de Ciências Biológicas da Uesb, campus Vitória da Conquista, enfrentam dificuldades para ministrar aulas nos laboratórios. Os principais motivos são a insuficiência de materiais de consumo e instrumentos, como lupas e microscópios. A situação não é nova, porém, tem se agravado nos últimos três anos com o corte orçamentário imposto pelo governo Rui Costa. Wilson Moura, coordenador do setor responsável pela distribuição dos materiais aos laboratórios da Uesb (Asslab), afirmou que “material realmente tem faltado, principalmente depois do agravamento da crise. Desde 2014 para cá a gente não recebe uma agulha”.

Por Fabio Sena | 11/10/2017 - 23h54
"Os familiares de desaparecidos ainda não tiveram o direito de enterrar os seus mortos".

 

O sociólogo Edwaldo Alves é um militante político fulltime, sempre predisposto ao debate, transitando com desenvoltura entre a conciliação e a disputa aberta. Filiado ao Partido dos Trabalhadores, foi um dos principais articuladores políticos do governo municipal nas gestões dos prefeitos Guilherme Menezes e José Raimundo Fontes. Ex-preso político, torturado pelo regime militar que vigorou 21 anos no Brasil, Edwaldo Alves sentiu na pele os efeitos daninhos de um Estado de Exceção.

Convidado pelo Diário a colaborar com o tema que vem ganhando expressão no Brasil – os reiterados pedidos de intervenção militar pelos simpatizantes de Bolsonaro e os resultados recentes da pesquisa que mensurou ser grande a adesão de brasileiros a regimes autoritários – Edwaldo fez uma leitura profunda do cenário político e social brasileiro das últimas décadas e, sem tergiversar, fez a devida autocrítica a determinados comportamentos das esquerdas brasileiras, especialmente no tocantes às alianças.

Em sua concepção, essa “aspiração” autoritária sempre existiu na sociedade brasileira, mesmo antes de 1964 como no pós-ditadura. Mas, ao analisar os resultados atuais da pesquisa, ele argumenta que “um dos elementos do recrudescimento desse desejo é o grande desencanto e decepção que amplos setores das classes dominantes e da população iludida tiveram com os resultados do golpe contra Dilma”. “Todos estão sentindo na pele que as coisas pioraram e começam a perceber que os golpistas tinham o objetivo de livrarem-se da apuração de seus próprios crimes”.

Abaixo, a íntegra da entrevista com Edwaldo Alves.

Por Fabio Sena | 11/10/2017 - 23h55
"O desejo manifestado por muitas pessoas para que aconteça uma intervenção militar no país está inserido num contexto no qual aquilo que esteve submerso encontra agora um terreno fértil para desabrochar"

Carlos Alberto Pereira Silva, o popular Cacá, é professor titular do Departamento de História da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, coordenador do Laboratório Transdisciplinar de Estudos em Complexidade, pesquisador em História do Tempo Presente e membro da Rede Brasileira pela Democracia de Alta Intensidade. Convidado pelo Diário a colaborar com o debate sobre Democracia e regimes autoritários, Cacá não titubeou. Imediatamente pôs-se à disposição para responder ao questionário, realizando um exuberante passeio histórico que percorreu diversas fases de nossa História.

Indagado sobre a propensão do povo brasileiro a apoiar regimes autoritários, conforme demonstra pesquisa recente, o professor Cacá argumentou – sempre ao seu estilo, sem meias-palavras – que o Brasil possui um “defeito de origem”, com uma República foi construída com base em frequentes instabilidades, “no apelo às armas, nas conspirações políticas, na aposta em líderes messiânicos, nos golpes consumados, em escancaradas ditaduras e na introjeção oculta, ou explícita, da cultura autoritária”. Ao descrever seu entendimento sobre esta “opção” popular pelos regimes de força, Cacá responsabiliza partidos como o PT, PMDB e PSDB.

“… A descrença e frustração coletiva são resultantes da traição dos ideais democráticos patrocinada pelos grandes partidos que governaram o país, em consócio com apoiadores do antigo regime ditatorial, nos últimos trinta e dois anos. Portanto, o endosso à instauração de um regime ditatorial, ainda que deva ser democraticamente combatido, precisa ser entendido como uma lamentável resposta de uma grande parcela da sociedade à conversão do PT, PMDB e PSDB e congêneres ao “vale tudo” que sempre dominou a política brasileira”, argumenta o professor. Abaixo, a íntegra da entrevista.

Por Fabio Sena | 11/10/2017 - 11h55
A OMO até agora segurou as pontas e não apagou o comercial, mesmo com a repercussão negativa entre essa galera que ama citar Jesus.

por Ígor Luz

A OMO Brasil lançou uma propaganda para o Dia das Crianças falando que toda criança tem o direito de brincar do que quiser. A família tradicional brasileira e beatos de igrejas entraram em guerra contra a marca. Acusaram a OMO de impor “regras para as crianças de bem”. Acusaram a OMO de se render ao esquerdismo. Acusaram a OMO de fazer “marketing de lacração”. Acusaram a OMO de defender a identidade de gênero e isso “os homens de Deus não vão permitir”. Acusaram a OMO de se tornar “OMOssexual”. E todas essas pessoas cristãs e maravilhosas prometeram mudar a marca do sabão em pó em retaliação à marca. “Deus me livra lavar cueca do meu filho com OMO e ele ficar afeminado”.

Por Fabio Sena | 11/10/2017 - 11h29
A primeira instância costuma ter maior celeridade nas conclusões dos processos quando comparada ao STF.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, defendeu, no Supremo Tribunal Federal (STF), o desmembramento das investigações das malas de dinheiro encontradas em Salvador em um endereço atribuído ao ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB). A Polícia Federal contabilizou R$ 51 milhões encontrados no local e identificou digitais nas malas e caixas do peemedebista e do advogado Gustavo Ferraz, ambos presos na Papuda em Brasília. Agora, caberá ao relator do caso, ministro Edson Fachin, decidir se o caso Geddel voltará à Justiça de primeira instância. Se optar pelo desmembramento, apenas o irmão de Geddel, o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB), poderia vir a ter investigação correndo no STF, por conta do foro privilegiado. De acordo com publicação do jornal O Estado de S. Paulo desta quarta-feira (11), a manifestação de Raquel é mantida em sigilo no STF. A primeira instância costuma ter maior celeridade nas conclusões dos processos quando comparada ao STF.

Por Fabio Sena | 11/10/2017 - 11h20
A ação foi protocolada no ano passado, após a decisão da Corte que afastou o ex-deputado Eduardo Cunha do mandato.

O Supremo Tribunal Federal (STF) abriu na manhã desta quarta-feira (11) sessão para decidir se parlamentares podem ser afastados do mandato por meio decisões cautelares da Corte e se as medidas podem ser revistas pelo Congresso. A questão é discutida em uma ação protocolada pelo PP e pelo PSC, e o resultado do julgamento será decisivo na revisão da medida adotada pela Primeira Turma, que afastou o senador Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato e determinou seu recolhimento noturno. Na ação direta de inconstitucionalidade, os partidos defendem que todas as medidas cautelares diversas da prisão previstas no Código de Processo Penal (CPP) precisam ser referendadas em 24 horas pela Câmara ou pelo Senado quando forem direcionadas a parlamentares. A ação foi protocolada no ano passado, após a decisão da Corte que afastou o ex-deputado Eduardo Cunha do mandato.

Por Fabio Sena | 11/10/2017 - 01h50
O deputado deu como exemplo o caso da polêmica do livro em edição que se especula chamar 'bíblia gay'.

O deputado Pastor Sargento Isidório apresentou na Assembleia Legislativa indicação endereçada ao presidente da Câmara de Deputados, Rodrigo Maia (DEM), sugerindo a necessidade da criação de uma Lei que proíba o uso do nome e/ou título Bíblia ou Bíblia Sagrada em qualquer publicação impressa ou eletrônica com conteúdo (livros, capítulos e versículos) diferente do já consagrado há milênios pelas diversas religiões cristãs.

Por Fabio Sena | 11/10/2017 - 01h34
Se ele cometer um homicídio intencional em uma situação fora do trabalho, será julgado como outro cidadão, pela Justiça comum.

O Senado aprovou nesta terça-feira (10) o projeto que transfere à Justiça Militar o julgamento de crimes cometidos por militares em missões de garantia da lei e da ordem (GLO), como a que ocorre atualmente na cidade do Rio de Janeiro. O projeto (PLC 44/2016) impede o julgamento comum de militares das Forças Armadas pela Justiça em crimes dolosos (intencionais) contra civis quando envolverem ações de Estado. O texto vai à sanção. Atualmente, o Código Penal Militar lista alguns crimes, principalmente relacionados a atividades militares, nos quais o julgamento é feito pela Justiça Militar, exceto se forem dolosos contra civis. Exclui-se dessa regra o abate de aviões que não respondem ao comando de aterrissagem dado por aeronave militar de patrulhamento.

Por Fabio Sena | 11/10/2017 - 01h24
A matéria foi relatada em Plenário pela senadora Simone Tebet (PMDB-MS)

O Senado aprovou nesta terça-feira (10), em votação simbólica, projeto que altera a Lei Maria da Penha (Lei 11.340/2006) para permitir ao delegado de polícia conceder medidas protetivas de urgência a mulheres que sofreram violência doméstica e a seus dependentes. Pela legislação atual, essa é uma prerrogativa exclusiva dos juízes. O PLC 7/2016 segue agora para sanção presidencial. De acordo com o projeto, a concessão de medidas protetivas de urgência pelo delegado só será admitida em caso de risco real ou iminente à vida ou à integridade física e psicológica da mulher e de seus dependentes. Nessa hipótese, depois de aplicar as medidas, a autoridade policial terá de comunicar a decisão ao juiz em até 24 horas, para que ele possa manter ou rever essa intervenção.

Por Fabio Sena | 11/10/2017 - 01h15
A data foi estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2012

No dia 11 de outubro celebra-se o Dia Internacional das Meninas, data estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2012, com o objetivo de alertar sobre a necessidade de ampliação das estratégias para eliminar as desigualdades de gênero em todo o mundo. A data foi definida a partir de um projeto da ‘Plan International’, uma organização não-governamental que opera em todo o mundo, que lançou a campanha global ‘Por ser Menina’. A campanha visa a conscientização sobre a necessidade do enfrentamento das violências de uma forma geral – física, psicológica e sexual – que afetam, sobretudo, as meninas.

Por Fabio Sena | 11/10/2017 - 00h48
“Dar alegria alguém é aumentar em si a capacidade de alegrar-se”

As 110 crianças atendidas pelo Lar Santa Catarina de Sena receberam os brinquedos do Dia das Crianças Solidário, realizado pela CDL de Vitória da Conquista. A presidente da CDL, Sheila Andrade, participou da entrega das doações, na tarde desta terça-feira (10), que fez a alegria da criançada. “A campanha Dia das Crianças Solidário contou com a participação dos associados e da população em geral que doaram brinquedos para o Lar, pois sabemos que esta instituição faz um trabalho sério, de excelência e muito bonito com as crianças”, afirma a presidente. Com o tema “Se não for mais para brincar está na hora de doar”, o Dia das Crianças Solidário promovido pela CDL arrecadou brinquedos novos e usados em bom estado.

Por Fabio Sena | 11/10/2017 - 00h24
“As crianças estão bastante animadas”, observou a secretária municipal de Cultura, Tina Rocha

Até quarta-feira, 11, a Biblioteca Municipal José de Sá Nunes se mantém no clima do Dia das Crianças, e passa a ser habitada por figuras tão variadas quanto apreciadas pelos públicos infantis de diferentes épocas. O resultado é uma miscelânea que envolve literatura infantil universal, brasileira e regional, com pitadas de cultura pop: Chiquinha, personagem do seriado “Chaves”, e Emília, da obra de Monteiro Lobato, misturam-se à Chapeuzinho Vermelho e à fada Sininho, compartilhando o mesmo espaço com o universal palhaço e até com Lampião e Maria Bonita – auxiliados por uma figura de batina, que pode ser o “Padim Ciço”.

Por Fabio Sena | 11/10/2017 - 00h08
David Salomão não encontrou apoio no próprio partido

O vereador David Salomão recebeu uma reprimenda pública da própria legenda à qual está filiado, o Partido Trabalhista Cristão|PTC, que reivindicou o conteúdo estatutário para desautorizar o pedido de intervenção militar, feito pelo parlamentar em mensagens exibidas em outdoor espalhados por Vitória da Conquista. Em Carta Aberta encaminhada à redação do Diário, o diretório estadual do partido diz que a postura do seu filiado é um atentado à Democracia, mas nenhuma palavra sobre expulsão ou advertência. Abaixo, a íntegra da missiva, sem revisão.

Por Fabio Sena | 11/10/2017 - 00h05
Então, tão logo a concessionária resolva as questões do financiamento com o BNDES, nós poderemos iniciar a obra do viaduto”, assegurou o ministro Maurício Quintella.

A construção do terminal de passageiros do novo aeroporto, a duplicação e o viaduto da BR 116 foram pautas de um encontro entre o prefeito Herzem Gusmão e o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella. A audiência ocorreu nesta terça-feira, 10, em Brasília, e contou com a presença do deputado federal, Lucio Vieira Lima, e do secretário municipal de Infraestrutura Urbana, José Antônio Vieira. A grande novidade do encontro foi o anúncio, por parte do ministro, de que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) deverá aprovar o financiamento da obra de duplicação e construção do viaduto que dá acesso ao novo aeroporto. “Reunimos aqui a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) e tivemos a oportunidade de garantir ao prefeito que o projeto executivo do viaduto já está praticamente pronto e será incluído nas obras da concessionária. Então, tão logo a concessionária resolva as questões do financiamento com o BNDES, nós poderemos iniciar a obra do viaduto”, assegurou o ministro Maurício Quintella.

Por Fabio Sena | 10/10/2017 - 23h40
Eleito com votos majoritariamente da zona oeste, o vereador comunista Danillo Kiribamba tem se posicionado em defesa da Lagoa das Bateias

Deliberadamente abandonada pelo governo do prefeito Guilherme Menezes, o Parque Lagoa das Bateias nem de longe lembra a exuberância de quando foi entregue pelo ex-prefeito José Raimundo Fontes. Quase inabitável até mesmo pelos bichos, a área de preservação ambiental serve basicamente para caminhadas, ainda que em condições desfavoráveis. O lazer e o entretenimento são coisas do passado.

Eleito com votos majoritariamente da zona oeste, o vereador comunista Danillo Kiribamba tem se posicionado em defesa da Lagoa das Bateias e conseguiu junto ao prefeito Herzem Gusmão que fosse interditado o acesso de automóveis em parte da pista nas manhãs dos domingos. Sem informar a fonte da informação, o parlamentar afirmou que a revitalização da área está orçada em R$ 6 milhões.

Na sessão desta terça (10), Kiribamba afirmou que cumpre seu papel de fiscalizar e reivindicar ações de interesse da população e lamentou publicações na mídia o acusando e também ao prefeito de terem abandonado a Lagoa das Bateias. Ele assegurou que o o projeto Domingo na Lagoa será retomado nos meses de primavera e de verão, esclarecendo que as ações não foram possíveis no inverno.

Por Fabio Sena | 10/10/2017 - 19h10
Quando carreguei ele no colo, pela primeira vez, foi como se estivesse segurando meu filho quando era pequeno”

“Faria este exame quantas vezes fosse preciso para reconhecê-lo como filho do meu filho”. Sem esconder a emoção de, finalmente, ter a chance de realizar o exame de DNA para reconhecer o pequeno F.L.B, de cinco meses, como “sangue do seu sangue”, a professora Marilene Trindade Santos aproveitou a visita da Unidade Móvel de Atendimento da Defensoria em Anagé. Chamado de post mortem, este tipo de exame de DNA vem crescendo nos atendimentos da Unidade Móvel e garantindo a oportunidade de reconhecimento de paternidade mesmo após a morte do suposto pai.

Por Fabio Sena | 10/10/2017 - 16h51
Prof. Dr. José Alves Dias, pesquisador de História do Brasil

Um espectro ronda o Brasil. Pesquisa recente do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) mostra que os cartazes pedindo intervenção militar nas manifestações de rua do Brasil não são posturas isoladas de grupos minoritários. Em estudo inédito para medir o “Índice de Propensão ao Apoio de Posições Autoritárias”, um dado alarmante: numa escala de zero a dez, a sociedade brasileira atinge o elevado índice de 8,1 na propensão a endossar posições autoritárias.

Semana passada, um fato ocorrido em Vitória da Conquista ganhou repercussão nacional: professores e estudantes destruíram uma outdoor cuja mensagem, assinada por um vereador, reivindicada a intervenção militar. O assunto foi intensamente debatido na Câmara de Vereadores, onde o vereador voltou a argumentar em favor um “governo militar provisório”, na visão dele a melhor alternativa para frear a corrupção no Brasil. Mais que isso, ameaçou processar os autores do “dano” à sua mensagem militaresca.

O Prof. Dr. José Alves Dias, pesquisador da História do Brasil, considera essencial às novas gerações conhecerem o que significa, na prática, as características de um governo autoritário imposto mediante uma intervenção militar. “Se engana quem acredita que somente foram perseguidas e mortas pessoas ligadas diretamente à militância politica. Padres, freiras, pastores evangélicos, artistas, mães e crianças foram barbaramente torturadas”.

Segue abaixo a íntegra da entrevista:

Por Fabio Sena | 10/10/2017 - 16h42
Segundo o promotor, o presídio se encontra hoje com um excedente de pelo menos 242 presos.

O Ministério Público estadual solicitou à Justiça que determine a imediata transferência do presídio de Paulo Afonso de presos que para lá foram remanejados vindos de unidades prisionais de outras comarcas. O pedido de urgência foi realizado em ação civil pública ajuizada ontem, dia 9, pelo promotor de Justiça Marco Aurélio Nascimento Amado. Ele também solicita que a Justiça proíba o Estado de admitir, no presídio, novos detentos (definitivos ou provisórios) que tenham cometido delitos em outras comarcas, devendo estes serem direcionados para prisões mais próximas do local onde foi cometido o crime.

Por Fabio Sena | 10/10/2017 - 16h31
A empresa deverá ainda cessar qualquer atividade degradadora, ou de supressão vegetal, na Fazenda Sempre Verde

A Itograss Agrícola Alta Mogiana LTDA, uma das maiores empresas agrícolas do Brasil, foi acionada pelo Ministério Público do Estado da Bahia. O MP requer decretação de medida liminar para que a empresa seja obrigada a recuperar os danos ambientais provocados pelo desmatamento de 70 mil m² de Mata Atlântica na zona Rural do Município de Laje. A empresa, que fornece grama para os principais estádios do país, como Maracanã, Mineirão e Arena Fonte Nova, pode ter suspensos os todos os incentivos e benefícios fiscais concedidos pelo poder público até que recupere os danos constatados, caso a Justiça acate o pedido do MP, realizado por meio do promotor de Justiça Marcel Bittencourt.

Por Fabio Sena | 10/10/2017 - 16h23
A ideia é que os encontros continuem a ocorrer mensalmente, discutindo demandas gerais e específicas das três categorias.

Pautas remanescentes da campanha salarial deste ano, acrescidas de outras mais recentes, foram discutidas nesta segunda-feira, 9, na reabertura da mesa de negociação permanente entre o Governo Municipal e o Sindicato dos Agentes Comunitários e de Combate às Endemias (Sindacs). Nas últimas semanas, o Governo já havia também retomado o diálogo com o Sindicato do Magistério Municipal Público (Simmp) e o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sinserv). A ideia é que os encontros continuem a ocorrer mensalmente, discutindo demandas gerais e específicas das três categorias.

Por Fabio Sena | 06/10/2017 - 17h33
Na ocasião, foi informado pelos vereadores que há um contingenciamento de 0,5% no orçamento do Município que pode ser destinado para obras emergenciais

A Prefeitura de Vitória da Conquista vai contratar mais 10 carros-pipas para atender as localidades atingidas pela seca, além de realizar a limpeza de aguadas. A boa notícia para população da zona rural foi anunciada na reunião entre os poderes Executivo e Legislativo do Município, realizada nesta quinta-feira, 5, no Gabinete Civil. O prefeito Herzem Gusmão recepcionou uma comissão da Câmara Municipal, formada por sete vereadores*, para debater a situação da falta d’água e achar soluções viáveis para solucionar a questão. Na ocasião, foi informado pelos vereadores que há um contingenciamento de 0,5% no orçamento do Município que pode ser destinado para obras emergenciais, sem a necessidade de licitação.

Por Fabio Sena | 06/10/2017 - 17h11
O minicurso ainda emitirá certificado de participação de 8 horas.

Nos dias 10 e 11 de outubro, o Laboratório de Filosofia e Gênero Valdelice Soares Pinheiro promoverá o minicurso de introdução às metodologias para formação de pesquisadores em Gênero e Comunicação. O minicurso será ministrado pela professora Élica Luiza Paiva, do Departamento de Filosofia e Ciências Humanas (DFCH), e acontecerá na sala 5, do Módulo do Centro de Aperfeiçoamento Profissional (CAP), das 14 às 18 horas. Os interessados poderão realizar a inscrição pelo formulário disponível aqui. Ao todo, serão oferecidos 10 vagas para discentes e docentes do curso de Comunicação, 10 vagas para discentes e docentes das demais áreas e 10 vagas para o público externo em geral. O minicurso ainda emitirá certificado de participação de 8 horas. (por Thanize Borges).

Por Fabio Sena | 06/10/2017 - 17h04
A atividade extensionista é um desdobramento do projeto “Todas as Cores pelo Rio Catolé Grande”

por Thanize Borges

Reforçar a conscientização ambiental das pessoas que têm suas atividades rotineiras na bacia hidrográfica do Rio Catolé Grande, é, entre outros, o objetivo do Projeto de Extensão “Avaliação e Restauração das Matas Ciliares na Bacia Hidrográfica do Rio Catolé Grande”, coordenado na Uesb pelos professores Dalton Longue Júnior e Alessandro de Paula, do curso de Engenharia Florestal. O projeto é uma atividade do Grupo Verde, que está vinculado ao projeto multinstitucional e multisocial “Todas as Cores pelo Rio Catolé Grande”, responsável por coordenar as ações na vegetação das margens do rio. O Projeto tem beneficiado toda a população das cidades cortadas pelo Rio Catolé Grande. São cidades baianas da região Sudoeste do Estado, num total de sete municípios: Barra do Choça, Caatiba, Itambé, Itapetinga, Nova Canaã, Planalto e Vitória da Conquista.

...1020...282930...405060...